Home > as cats > VANELICE REIS
valenice 5Olá, meu nome é Vanelice Reis, tenho 25 anos, casada a 11 meses, diagnosticada com câncer de ovário, nunca me imaginei com essa doença, e nem esperava que isso fosse acontecer logo comigo, tão jovem, ainda com 24 anos, recém casada, sem filhos, mais aconteceu e eu tive que me equipar de força e coragem e encarar essa doença. Resolvi contar minha história porque assim que meu cabelo começou a cair uma irmã minha me falou da pagina Quimioterapia e Beleza no Facebook então eu entrei e comecei a ler relatos de mulheres lindas e vencedoras, o que me ajudou muito, então gostaria que a minha história pudesse ajudar outras mulheres também, quem sabe? Pois bem, em Janeiro deste ano comecei a sentir uma dor pélvica que me incomodava muito, e um pequeno inchaço na barriga que no inicio só dava para perceber quando eu deitava, desde então foram dois longos meses até o diagnóstico exato, procurei logo uma ajuda médica que me pediu uma endovaginal, pois o meu preventivo estava ok,  na endo diagnosticou apenas inflamação, apesar do ultrassonografista não ter localizado o ovário direito alegando eles que era devido a presença de muito liquido no fundo do saco de douglas, a médica então me receitou dezenas de comprimidos para tomar durante 14 dias e me mandou de volta para casa
Passado os 14 dias, eu estava sentindo dores e minha barriga continuava crescendo, resolvemos ( Eu, minha mãe e meu esposo ) então procurar um outro médico, fiz uma ultrassom e ele disse que eu estava com um tumor no Ovário direito e já estava bem grande, lembro bem que ele não conseguia acreditar como os outros médicos não tinha visto isso antes, provavelmente seria um Teratoma ( Um tipo de tumor que 97% dos casos são benignos) , ele me disse que eu precisava fazer uns exames que são marcadores tumorais. Voltei para casa arrasada, apesar da minha fé ser enorme e as chances do tumor ser maligno serem pouquíssimas ( apenas 3% desses tumores são malignos), mesmo assim não tinha como não ficar desesperada, eu tão Jovem, eu pensava meu marido uma pessoa tão boa, não merecia passar por isso, uma esposa doente, eu tinha perdido meu pai há um pouco mais de ano, por erro médico, minha mãe não merecia mais um sofrimento. Eu  não podia acreditar que tinha uma pequena chance de está com câncer, me agarrei com Deus e entreguei em suas mãos.
valenice 4Pois bem, era verdade, os resultados dos exames chegaram, os marcadores tumorais todos alterados, nesse meio tempo fiz uma tomografia também, que só comprovou, eu estava com um tumor e precisava passar por uma cirurgia urgente, uma laparotomia ( barriga aberta ). Fui encaminhada urgentemente para um oncologista, que com todos exames e sua experiencia disse tudo aquilo que eu temia, aqueles 3% que eu tanto temia estavam comprovados o tumor era maligno ( Teratoma imaturo de Ovário), Um tipo de tumor que cresce rapidamente, dia após dia, e já estava com 18 cm, não dava tempo de esperar a fila do SUS, ele podia estourar, e se espalhar pelos outros órgãos, e a solução era fazer particular, nós não tínhamos todo esse dinheiro, foi então que aconteceu um milagre, posso assim chamar, comecei a receber doações, ajuda de todos os lados, sim ajuda financeira, de amigos, familiares, comecei a pensar “nossa meu Deus como eu sou querida, e não sabia”, ajuda de pessoas quem eu nem conhecia, mais Deus conhece e sabe da bondade do coração de cada um. Com dez dias do descobrimento da doença dia 29/03/2016, fiz a cirurgia particular, como Deus é maravilhoso e bom, a cirurgia foi um sucesso, apesar de que junto com aquele tumor foram todas as chances que eu tinha de um dia engravidar, pois foi retirado o outro ovário e o útero, logo eu que sempre amei crianças, a tia mais coruja, não vou negar algumas vezes quietinha eu chorei antes da cirurgia quando soube que era a melhor saída, retirar tudo para diminuir risco de recidiva, mais mesmo assim, apesar de ainda não ter filhos, Deus me deu FORÇAS para aceitar sua vontade, tenho certeza que foi de tanta oração da minha mãe, do meu esposo, das minhas irmãs e do meu irmão, enfim da minha família  e amigos, oração de quem nem mesmo me conhece, foi uma corrente muito grande, forte  e poderosa, tudo tem dado certo.
valenice 3Eu fui e tenho sido muito forte, força que eu não sei explicar, como costumo dizer, meu Pai que já está lá no céu intercede por mim, pois Deus me deu discernimento e sei que ainda posso ser mãe, mãe de Coração, é eu descobrir que essa doença não me levou o dom de ser mãe. No momento estou fazendo quimioterapia, já fiz um ciclo e ainda tenho mais 3, o Cabelo começou cair 14 dias após o primeiro ciclo, eu chorei, apesar de saber desde o inicio que os cabelos iam cair, é difícil aquele momento, só quem já passou consegue entender, mais novamente Deus me deu o consolo que eu precisava, que a minha beleza não estava nos meus cabelos, mais na minha alma, e eu tenho uma alma feliz, o que à torna bela, minha mãe e meu esposo dizem que sou linda de qualquer jeito,  e eu acredito Rosto sorridente com olhos sorridentes, enfim sigo feliz sonhando com o dia em que tudo isso será apenas mais uma história de Vitória, em ver minha mãe voltar a sorrir aliviada pois sei que ela sofre 10 vezes mais do que eu.
Quando as vezes penso em chorar, eu me lembro da vida, como é bom respirar, como é bom viver, e eu estou Viva, como é bom sorrir, e solto aquele sorrisão, perto da vida a cicatriz é um nada.
Abraços
Valenice valenice 5 valenice 4

Comentários

comentário

Deixe um comentário