Home > Bem Estar > QUE LIVRO LER?

Quando eu escrevi meu livro eu quis que outras mulheres vissem essa possibilidade de brilhar mesmo com toda a dificuldade. Queria me aproximar, mostrar como foi meu diagnóstico e que é super importante manter a cabeça erguida, um sorriso no rosto e ir atrás da cura. Ler sobre tragédias? Nada disso! Aqui indico algumas leituras que realmente valem a pena! Nada de nomes científicos falando o quanto o câncer é ruim. Vamos falar sobre cura, histórias, sobre ponto de vista de profissionais, sobre o impacto de tudo isso na vida da gente. Segue então a lista de livros super bacanas de se ler:

“Quimioterapia e Beleza – Dicas de uma ex-modelo para superar o câncer e manter a saúde, a sensualidade e o alto-astral” – Flávia Flores (Jardim dos Livros, 200 páginas)
Embaixadora da Rede Coneccte e fundadora do Banco de Lenços, Flávia Flores encarou um câncer de mama e, durante o tratamento, percebeu que a autoestima e a vaidade são um caminho para enfrentar os momentos difíceis. Seu blog e página no Facebook fizeram tanto sucesso que se transformaram neste livro e, hoje, milhares de mulheres já colocaram em prática seus ótimos conselhos.

Já leram? Adquiram seu exemplar aqui!!

“O Imperador de Todos os Males – Uma biografia do câncer” – Siddhartha Mukherjee (Companhia das Letras, 640 páginas)
Com linguagem acessível, o oncologista Siddhartha Mukherjee narra as etapas que levaram o homem a entender o câncer ao longo da história, a inovação dos tratamentos e as expectativas para o futuro.

“Vencer o Câncer” – Drauzio Varella, Antonio Carlos Buzaid, Fernando Cotait Maluf (Dendrix, 512 páginas)
“Vencer o Câncer” é uma conversa de três oncologistas com a população brasileira. Com linguagem leve, gráficos e ilustrações, o livro apresenta informações de qualidade sobre fatores de risco, diagnóstico, tratamento, dieta e dia a dia do paciente.

“De Peito Aberto – A autoestima da mulher com câncer, uma experiência humanista” – Vera Golik, Hugo Lenzi (Editora Alaude, 128 páginas)
Em 2006, a jornalista Vera Golik e o fotógrafo Hugo Lenzi reuniram em uma mostra fotográfica as histórias e momentos de mulheres que tiveram ou têm câncer de mama. A exposição se transformou em um livro que inspira e emociona.

“A Garota das Nove Perucas” – Sophie Van Der Stap (Livros de Safra, 208 páginas)
A holandesa Sophie Van Der Stap tinha apenas 21 anos quando recebeu uma notícia difícil: estava com câncer no pulmão e tinha cerca de 50 semanas de vida. Foi usando perucas divertidas e inventando diferentes personagens que Sophie — hoje com 30 anos e muito bem, obrigada — descobriu sua força interior. Seu diário bem-humorado desse período se transformou em livro e no filme com o mesmo nome.

“Com a Vida de Novo” – O. Carl Simonton (Summus, 240 páginas)

Por que alguns pacientes ficam curados e outros não, quando o prognóstico é o mesmo para uns e outros? A partir da experiência adquirida ao tratarem de centenas de pacientes no famoso “Cancer Counseling and Reasearch Center”, em Dallas, Texas, o casal Simonton descobriu uma base científica para a “vontade de viver”. Neste livro eles mostram como a reação de alguém ao “stress” e a outros fatores emocionais pode contribuir para o início e a progressão de um câncer e como expectativas positivas, a consciência e o cuidado consigo mesmo podem contribuir para o controle e até a cura da doença.

“A Família e a Cura” – Stephanie Matthews-Simonton (Summus, 208 páginas)

Este livro de Stephanie Matthews Simonton – coautora de Com a vida de novo e uma das pioneiras no campo das terapias de apoio emocional para pacientes de câncer – aborda a problemática da família quando um de seus membros se defronta com uma doença grave, e de como ela pode colaborar com o tratamento de forma positiva.

“Amor, Medicina e Milagres” – Bernie S.Siegel (Best Seller, 292 páginas)

Numa crítica ao distanciamento entre médico e paciente e à frieza de muitas das mais modernas e sofisticadas técnicas de tratamento, o autor busca propor um caminho para a cura no qual o amor – pela vida e por si mesmo -, a coragem e a autoconsciência possam operar milagres no tratamento de doentes especiais.

“Paz, Amor e Cura” – Bernie S. Siegel (Summus, 256 páginas)

O autor se inspira em histórias de pacientes que conseguiram a cura ou o retrocesso de gravíssimas enfermidades. Especialista em atendimento de pacientes terminais, profundamente dedicado à melhoria da qualidade de vida desses pacientes, ele confirma a importância da meditação, visualização e relaxamento na cura de doenças, bem como a influência benéfica do amor, alegria e paz de espírito.

“O Câncer como Ponto de Mutação” – Lawrence Leshan (Summus, 200 páginas)

Que estilo de vida faria você se levantar feliz ao acordar e ir para a cama contente à noite? Perguntas como esta são feitas pelo autor aos seus pacientes de câncer, com o objetivo de ajudá-los a perceber os possíveis “pontos de mutação” que podem transformar suas vidas e a resposta aos seus tratamentos. Um livro cheio de sabedoria, com sugestões objetivas para doentes e profissionais da área e agradável de se ler mesmo para quem não está com câncer.

Fontes: Coneccte, Golfinho, Livraria Cultura

 

Comentários

comentário

2 Respostas

  1. Rosana Maria

    Ola Flavia, estou muito feliz por você, se já era linda, agora vai ficar mais, pois a sua auto estima vai se elevar, pois sei como e difícil, para nós mulheres ao olharmos nós espelho, e não nós vermos como antes.

    Mas com o tempo , força, esperança, tudo vai se encaixando e o tempo passa e vemos o quanto somos forte e o quanto bonitas somos por dentro., achamos beleza onde nunca pensamos encontrar.
    Bom adorei sua historia, e depoimentos, conhecendo você e sua historia, te admiro cada dia mais.

    Segue meu emial e telefone, podemos manter contato se assim desejar, pois as historias são parecidas e temos muito que compartilhar e quem sabe conversarmos para trocarmos experiencias e sabedorias..

    Há sou a Rosana Maria Araujo Diniz
    (11)97417-2820
    [email protected]

Deixe um comentário