Home > Acontece > MULHERES QUE ENFRENTARAM CÂNCER DE MAMA PRATICAM CANOA HAVAIANA NO ES

MULHERES QUE ENFRENTARAM CÂNCER DE MAMA PRATICAM CANOA HAVAIANA NO ES

Um grupo, formado por mulheres que enfrentaram o câncer de mama, está buscando mais saúde e qualidade de vida na prática da canoa havaiana, no Espírito Santo. Neste sábado de sol, elas se reuniram na Praia da Costa, em Vila Velha, para remar.

Para essas mulheres, um mundo novo se abre, o horizonte ganha uma união capaz de trazer ainda mais força. Antes, elas enfrentaram o câncer e agora, com os pés na areia, iniciam uma nova etapa.Elas vão virar remadoras em um projeto que além de trazer mais saúde vai melhorar a autoestima.

“As nossas saídas são de manhã, então a gente vê o sol nascer. A gente está também em um ambiente de entrosamento. A canoa havaiana proporciona isso. Nenhuma tarefa é grande demais quando a gente faz em conjunto”, afirmou a professora de canoa havaiana, Tais Piccinini.

O projeto vai começar nesta semana, por isso a primeira aula foi na areia mesmo, de qualquer forma. Para algumas, esse foi o primeiro contato com o remo e a proximidade com a canoa havaiana.

Ana é mais experiente. Ela venceu a doença e quando foi liberada pelo médico voltou a remar. No início, ela achou que não daria conta, mas conseguiu.

“Tem três meses de remada, não tem vestígio do tratamento no meu corpo. A minha movimentação voltou completamente. Eu não sinto dores, as dores físicas desapareceram”, disse a advogada Ana Rocha.

É Ana quem dá força para as outras mulheres que vão iniciar agora. Juntas vão remar para uma rotina mais saudável e mais gostosa de se viver. O grupo decidiu encarar o desafio, porque vencer desafio é mesmo com elas.

“É um desafio e depois que passa por essa situação e você vê que você sobrevive e tem a capacidade de continuar, você se desafia a continuar”, disse uma participante.

A Bianca vai atuar como voluntária no projeto. Assim como ela, ninguém vai receber para trabalhar e nem as mulheres vão pagar para participar. A ideia é fazer uma troca de experiências para ajudar na recuperação.

“É bom a gente trazer vida para a vida de outras pessoas. Foi por isso que eu decidi ajudar nesse projeto”, afirmou a voluntária Bianca Rocha.

Fonte: G1

Veja a reportagem: http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/mulheres-que-enfrentaram-cancer-de-mama-praticam-canoa-havaiana-no-es.ghtml

Comentários

comentário

Deixe um comentário