Home > as cats > LARISSA BARRILE

larissa 1Sou a Larissa. Meus últimos exames de rotina – mamografia e ultrassom da mama – tinham sido feitos em out/14, pouco antes de completar 40 anos. Estava tudo ok. Numa noite em jun/15, assistindo TV, fui ajustar a alça do sutiã e senti um caroço na mama direita. Na hora não pensei em muita coisa. Mas depois liguei para minha médica e repetimos tudo. Foi então, que desde o dia 07/07/15 tenho protagonizado uma história diferente, uma corrida com sentido único: encarar o diagnóstico de um Carcinoma Invasivo Grau II e seguir em frente a caminho da luta pela vida!
Tudo estava bem confuso. Era hora de manter a calma e definir “como” e “para quem” contar sem causar muito alarde… decidir para qual equipe médica me entregar de corpo e alma… fazer ou não a reconstrução na mesma cirurgia de retirada do tumor… e no mais, a cada agulhada para um novo exame, pensar que aquilo não significava 1/3 do que ainda teria de trilhar nesta nova estrada.
Mas Deus é tão misericordioso, que Ele foi traçando tudo a Seu tempo. Sem perceber, as coisas foram acontecendo… um dia você liga apavorada para uma amiga, depois para o irmão, para a família do coração, depois para o companheiro… os médicos aparecem como num passe de mágica e a melhor equipe após horas de cirurgia, te entrega sã e salva de volta à sua família. E com mamas novas!! Rsrs

Há 48 dias, finalizei os ciclos de quimioterapia, onde fui muito bem acolhida pela equipe multidisciplinar do COT (Centro Oncologico do Triangulo) e para a qual dedico toda minha gratidão e respeito. Foram 16 sessões – 4 vermelhas e 12 brancas. Cada uma com sua particularidade. A cada ciclo novas sensações, emoções e muitas pessoas (incluindo familiares e amigos, que não poderei enumerar porque vou me perder!) se revezaram e me acompanharam em cada uma delas… uns mais que outros pela proximidade física… outros, mesmo de longe souberam de cada detalhe e me deram forças. Nesse período, sofri, sorri, chorei, senti muita dor, tive medo, fui ridícula, fui má, fui boazinha, teimei, dei birra, trabalhei, dei trabalho, viajei, ganhei quase 10 kg, tive alergias, fiquei cheia de marcas, perdi cabelo, sobrancelhas, cílios, unhas, um pouco da vergonha… perdi minha identidade! Porém, jamais perdi a Fé, deixei de acreditar, ou questionei o que quer que fosse. Alguns dias foram mais fáceis… outros bem mais difíceis.

larissa 2

Agora estou na minha 12ª sessão de radioterapia. Ao todo serão 30.

E há 21 dias, iniciei o uso do tão famoso Tamoxifeno. Será meu companheiro diário se Deus permitir, por 5 anos.

E o que fica disso tudo?  A vontade de recomeçar a cada dia, de lutar, de ser grata! Poder despertar a compaixão, sentir emoções voltando a transbordar no coração mesmo vivendo esse momento diferente!

Pretendo ir (e vou) em frente! Enfrentando!! Com dignidade e principalmente, com fé em Deus, com o apoio da família e de grandes amigos. São eles que tem o dom de fazer com que tudo se torne mais fácil.

larissa 3

Estou enviando uma foto com minhas queridas pets – Fiona (shihtzu) e Lolla (chihuahua).
Nesta foto, eu ainda estava nas primeiras sessões da quimio vermelha – out/nov-15.
Estas duas peludinhas estão sempre comigo, trazendo amor, alegria e diversão!

Larissa e pet 2 larissa 6

Larissa e pet 3
Larissa e pet larissa 5

Comentários

comentário

Deixe um comentário