Home > Colunistas > DRA REGINA CHAMON – CÂNCER DE OVÁRIO: VOCÊ SABIA?

DRA REGINA CHAMON – CÂNCER DE OVÁRIO: VOCÊ SABIA?

Foto por: Magno Bottrel

O câncer de ovário está entre os dez tipos de câncer mais frequente nas mulheres brasileiras. Quando é diagnosticado na fase inicial da doença, o câncer de ovário tem um melhor prognóstico, ou seja, uma maior sobrevida. O problema é que este tipo de câncer é silencioso e não apresenta sintomas na sua fase inicial.

Por isso, atualmente, a maioria das mulheres têm um diagnóstico tardio, o que dificulta as opções de tratamento eficaz. Para entender melhor, vamos ver os principais sintomas do câncer de ovário:

– Dor pélvica (mais conhecida como dor no pé da barriga) e inchaço abdominal

– Dificuldade para se alimentar ou sensação de empachamento ao comer

– Necessidade frequente e urgente de urinar

– Dor nas relações sexuais

– Alterações menstruais ou sangramento vaginal após já ter entrado na menopausa

– Emagrecimento, fadiga, sensação de cansaço

– Enjôo e vômitos, alterações no hábito intestinal (constipação intestinal ou diarreia)

– Dor nas costas, nas pernas

É importante ter em mente alguns fatores:

– O exame de Papanicolau não é um exame que detecta o câncer de ovário. O diagnóstico definitivo do câncer de ovário é feito por cirurgia, com retirada do ovário para biópsia. Em geral, esta cirurgia diagnóstica já é também parte do tratamento.

– Cistos no ovário não são sinônimos de câncer no ovário. A maioria dos cistos são bolsinhas contendo líquido, que não dão sintomas e na maioria das vezes desaparecem sozinhas.

– Existe um gene, o BRCA, que quando sofre mutação pode aumentar o risco de desenvolver câncer de ovário, e também de mama.

Alguns comportamentos podem prevenir o surgimento do câncer de ovário. São hábitos que valem não só para a prevenção do câncer de ovário, mas também para a manutenção de uma boa saúde. Alimentação pobre em gorduras e carne vermelha e rica em fibras, verduras e frutas, não fumar e praticar atividade física com regularidade. Fácil, não é mesmo? Exames de rotina com o seu ginecologista também ajudam a diagnosticar precocemente o câncer de ovário.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o câncer de ovário, fique atenta e visite o seu médico com regularidade!

Um abraço e até breve!

Dra Regina Fumanti Chamon

CRM 120.010/SP

Comentários

comentário

Deixe um comentário