Home > as cats > CATERINE COSTA

Olá! Hoje, venho contar um pouquinho da minha estória para você.. Tenho 40 anos, sou casada há 10 anos e tenho um filho lindo de 7 anos, o Erik. Trabalho desde 2010 fazendo doces, bolos e afins, no entanto, estive parada por dois anos e retornei minhas atividades em março de 2015…em 2013 fui diagnosticada com câncer de mama depois de um exame de rotina, e nesse dia meu mundo caiu, estava eu lá com 38 anos de idade e um filho de 4 anos pra cuidar…Chorei por uma semana, só pensava no meu pequeno..depois de uma semana já tinha feito os exames e já sabia o tratamento que deveria fazer: quimioterapia, cirurgia e radioterapia.

Pois bem, sequei as lágrimas e coloquei na minha cabeça que aquilo não me pertencia. Um mês depois comecei minha primeira quimio, não passei mal com as sessões, apenas na primeira. Passei pela a quimio vermelha e branca antes da cirurgia, com a intenção de diminuir o tumor e a cirurgia ser menos evasiva,  fiquei careca, sem cílios e sobrancelhas, depois de alguns meses fiz a cirurgia para retirada de um quadrante da mama esquerda, depois veio a radioterapia.

E em dezembro de 2013 estava livre de tudo isso!!!! Levei todo o tratamento com tranquilidade e alegria, sem me deixar abater, viver era mais importante que ficar chorando pelo cantos. Claro teve momentos de angústia e medo, como não poderia deixar de ser… Mas passou.Tive o apoio de meu marido, que foi fundamental nesse momento, minha família e amigos queridos que devo muito pela companhia e pela fé. Hoje tenho que fazer o controle a cada 6 meses com todos os exames e tomar o tamoxifeno até 2023… Mas o importante é que estou aqui, pra contar minha estória, com muita alegria de viver. O importante em momentos de desespero é ter fé sim, mas não perder a alegria. Considero o sucesso de meu tratamento, claro Deus, mas não ter me deixado abater e levado o tratamento com pensamentos positivos e alegria…

Bjs e boa semana.
Sejam felizes não importa em que situações estejam.
Caterine
caterine 4 Caterine 3
 

Comentários

comentário

Deixe um comentário