Home > as cats > CANDICE MASCARELLO

Querida Flávia, em setembro passado, tive o diagnóstico de câncer de ovário já no temido estágio 3, quando já se tem metástases próximas. Minha irmã Maria José, me apresentou teu blog, ela já te conhecia pessoalmente das tuas visitas ao hospital Santa Paula, até publicastes ela acompanhando a quimioterapia da sogra Dona Ruth (já curada!). Desde então tu tens sido uma inspiração pra mim, muito obrigada pelo lindo trabalho que tens feito pelas CATs! Minha irmã Arlete faleceu de câncer de pâncreas e foi uma tragédia para todos nós:

“maior que a morte, só o amor!”

Eu passei surpreendentemente bem pela seis quimioterapias (taxol e carboplatina de 21 e 21 dias), já na terceira quimioterapia a metástase junto ao fígado sumiu! Fiz uma cirurgia chamada pan-histerectomia: retira-se útero, trompas, ovários e omento, que é a gordura que reveste os órgãos e estava também afetada), deu tudo certo e certamente ainda farei mais quimioterapia pra garantir que não volte. Sempre com ajuda da minha mãezinha, Lucy, de 83 anos, da mana Maria José, da prima Maria Isabel, dos irmãos, tias e tios, primas e primos, sobrinhos e sobrinhas e amigas como Ariadne e Tatiana e tantas amigas e amigos queridos e alunos que torceram por mim e meu gatinho Gomez, com muita serenidade e alegria, pois deixar a peteca cair não é uma escolha, não é! Precisamos ser fortes por nós e pelos outros.

Exige muita energia manter a moral alta e a atitude positiva e é na força de vontade mesmo. Claro que tudo foi mais fácil pra mim por eu ter uma grande rede de apoio, família, amigos, médicos maravilhosos e todos recursos necessários.

Tenho muita compaixão pelas pessoas que não tem o suporte que tenho, sou uma privilegiada e assim fica fácil!

O duro mesmo foi perder o cabelo, cultivado até a cintura que eu usava para dançar e me apresentar como cantora lírica, atriz, dançarina. Foi preciso muitas perucas e lenços pra me consolar! Um momento lindo foi quando a família do meu querido irmão Juarez fez uma vaquinha pra me dar a peruca mais moderna que tem: parece que os cabelinhos estão nascendo na testa! Trabalhava como professora de canto e sigo com meu projeto ‘O Resumo da Ópera’ aqui em Porto Alegre, sou formada em psicologia também.

 

Me sigam no Snapchat, é

👻 candice_mascare

(Tá bem divertido!)

Olhem o vídeo que postei hoje:

http://youtu.be/zInYqT5Ssh4

Aprendi que

“o baixo-astral é o alimento do câncer” e que

“se a tempestade não passar, aprenda a dançar na chuva!”

Mil beijocas a todas as CATs guerreiras:

Ficaremos firmes!!!

Abraços,

Candice

IMG-20160607-WA0003

Na primeira me apresentando dançando com meu cabelão ruivo amado.

IMG-20160607-WA0009
Na segunda cortei e guardei pra um futuro aplique de tic tac.

IMG-20160607-WA0008
Na terceira eu e a minha mãe Lucy, de 83 anos firme companheira nas quimios.

IMG-20160607-WA0011

Na quarta eu me arrumando pro casamento da sobrinha.

IMG-20160607-WA0013

Na quinta o resultado final com make e peruca.

IMG-20160607-WA0005
Na sexta eu me divertindo na festa com a minha linda irmã Maria José, que é minha principal inspiração, minha fortaleza e da família inteira.

IMG-20160607-WA0004
Na sétima e oitava o cabelinho nascendo, descolori!

Comentários

comentário

Deixe um comentário